Informação

Ecotrocas

Este grupo tem por objecto reunir todas as pessoas e grupos interessados em Economia solidário e moeda social. Adquirir produtos ou serviços sem dinheiro e oferecer microcrédito e fundos "startup" sem juros ou reembolsos.

 

 

Membros: 91
Última atividade: 14 Abr

Fórum de discussão

B-OnMarket, o mercado biológico & sustentável online.

Iniciado por João Bartes. Última resposta de tania santos 4 Jun, 2013. 3 Respostas

Para quem quer fazer a Transição para um modo de vida mais sustentável!No B-OnMarket tem acesso a todas as noticias, eventos, produtos, serviços, trocas e novidades para o ajudar a viver com a…Continuar

Formação gratuita isolação ecologica com cal e canhamo

Iniciado por Murielle LEKIEN. Última resposta de Murielle LEKIEN 24 Nov, 2012. 1 Resposta

Venham aprender a realizar uma isolação ecológica de cal e cânhamo, as refeições vegetarianos são oferecidos. A vossa estada permitir-vos -á também descobrir o carneiro hidráulico, as técnicas de…Continuar

Ecotrocas

Iniciado por João Tomás Gomes Batista. Última resposta de Casimiro de Jesus 4 Mar, 2012. 2 Respostas

Olá Casimiro e restantes "ecotrocadores".Acho a ideia excelente e parece-me que esta é a altura mais do que ideal e oportuna para se iniciar este projecto.Estou muito interessado nele, claro que vão…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Ecotrocas para adicionar comentários!

Comentário de Sara Alves em 7 agosto 2012 às 17:26

Olá, juntei-me a este grupo pois penso ser uma óptima iniciativa para as pessoas trocarem bens materiais ou alimentos. Quando estou em portugal costumo estar em casa dos meus pais em lisboa e costumo vender em feiras de segunda mão, uma vez que temos imensa coisa, como tal seria ainda mais interessante poder trocar artigos por outros, promovendo assim a reutilidade dos mesmos. Penso que seria muito interessante organizar feiras a custo zero onde podessemos trocar todo o tipo de artigos, em locais como terrenos ou espaços que alguem possa disponibilizar para este efeito! Aguardo noticias

Comentário de Filipe Monteiro em 1 abril 2012 às 12:11

Olá a todos,

Como sabem, o EcoTrocas (Sistema Comunitário de Trocas) está já a funcionar (em fase experimental): http://www.community-exchange.org/docs/join2.asp?xid=EPCT

Como o Casimiro referiu, podem começar já a trocar e, progressivamente, a conhecer melhor o sistema informático (CES) que serve de suporte ao sistema EcoTrocas.

Para além da utilização do sistema para concretizarem as trocas, se quiserem participar ativamente nos diversos trabalhos que estão a ser desenvolvidos, o Grupo de Trabalho onde nos auto-organizamos coletivamente está localizado aqui: https://www.facebook.com/groups/SMIST/

Penso que a forma mais rápida de compreender a essência do projecto será:
- Ler a “Informação do Grupo”, onde estão os Valores, Missão e Visão, para além de outras informações aprovadas pela (ainda) pequena comunidade colaborativa;
- Colocar as eventuais dúvidas no mural do grupo de trabalho. Temos naturalmente todo o gosto em procurar esclarecê-las.

Se quiserem colaborar seria ótimo. Há de facto bastante trabalho para fazer.

Se não quiserem, compreendemos e respeitamos, naturalmente.

Cumprimentos e um grande Bem Haja a todos vós, pioneiros.

Filipe

Comentário de Casimiro de Jesus em 4 março 2012 às 21:21

Ecotrocas em Ação:

Em http://ecotrocas.blogspot.com/ podem ver a ideia geral talvez um pouco complicade de ideias e propostas mas no essencial Ecotrocas é isso.

Em www.ecotrocas.com pode fazer-se a inscrição e começas a trocar. Este sistema ainda tem algumas áreas por traduzir e apresenta alguns erros que serão em devido tempo editados e corrigidoa mas o sistema CES é um sistema testado e seguro e tem uma importante àrea de apoio administrativo funcional. Neste momento quem se sentir com coragem para se candidatar a coordenador deve fazê-lo .

Em https://www.facebook.com/listasdedesejos?sk=app_138996027389 podem ver a página onde os vossos produtos/serviços oferecidos ou desejados serão lançados pelo vosso coordenador. Este é um serviço de conveniência que permite uma ampla gama de transações. Não está terminada mas está perfeitamente operacional e segura.

Por favor visitem estas áreas e enviem-me as vossas impressões sejam elas críticas, sugestões ou elogios.

Comentário de Casimiro de Jesus em 28 fevereiro 2012 às 23:32

Marc: We must talk! But regretably I will not be in Lisbon next thirsday!

I will try to updated with you tomorow.

Fernando: Na minha opinião o Jak bank ainda não é viável em Portugal mas sem ser banco, Ecotrocas proporciona crédito ao consumo e proporcionará microcrédito e financiamento a "startups". Pode colaborar inscrevendo-se em Ecotrocas http://www.ces.org.za/docs/join.asp?lang=spa , trocando,  recomendando trocadores e, se desejar, coordenando as trocas de quem recomendou. 

Comentário de Marc Dekens em 28 fevereiro 2012 às 18:37

Using EcoTrocas for your daily food


Since this weekend (25th of Februari 2012) we welcome two organic food suppliers to EcoTrocas in the Torres Vedras area, North of Lisbon. The details of the subscription need to be settled in the coming weeks, but we can start earning ECO's and spend them on food! The details of the subscription are things like prices for the food and how to distribute what has been ordered. Of course the food-grower works with the season, so perhaps you have to wait with eating spinach until later in Spring. But it opens up a possibility for all of you to save somewhere around at least € 1.000,- a year when you start trading food for ECO's.
When you know organic food producers that we can approach for similar arrangements in your area, we would like to know. Send us an email: ecotrocas [at] gmail.com.


We suspect that this can give a boost to the use of EcoTrocas even more, as everyone needs to eat every once in a while. As we write this message an idea came up: “Why not start helping the food-grower to earn your food?” This means you could start right away and make a trade. We suggest that you send your request for this to ecotrocas [at] gmail.com, so that we approach the food-grower first with this option. Then, he or she can say no without having to disappoint you. It might be that you have to send an application letter to introduce yourself.


So, when you are still waiting for a compelling reason to subscribe to EcoTrocas, this might be it. Visit the Community Exchange Systems website (http://www.ces.org.za) and select Portugal on the list of countries. As you can see we're part of a worldwide movement. You can even start to exchange with your cousin in Brasil!

Comentário de Fernando Gama em 6 fevereiro 2012 às 22:47

Olá amigos,

Estou disponível para colaborar, dentro das minhas possibilidades.

Na Suécia existe o JAK Bank, que poderia ser um modelo a copiar, dado que já está implementado na prática e funciona com sucesso.

Sou apologista que devemos copiar que está bem feito.

Duvido é que o governo cá do burgo deixe as pessoas se organizarem desta maneira, a Suécia é um País desenvolvido e nós somos um País a caminho do terceiro mundo.

Desde que um colega meu foi multado por usar óleo vegetal na viatura, já acredito em tudo.. no entanto, força, vamos tentar...

Cumprimentos

Fernando Gama

Comentário de Pedro Leitão em 25 janeiro 2012 às 13:58

Olá Casimiro,

Sim eu quando li apercebi-me disso. 

E claro é algo pensado para o mundo empresarial. 

abraço

Comentário de Casimiro de Jesus em 25 janeiro 2012 às 13:19

Olá Pedro:

Barter comercial, banco de tempo, LETS, etc são todas iniciativas semelhantes a Ecotrocas mas barter comercial referido na nitícia é uma iniciativa dirigida a empresas e tem fins lucrativos. Nós pretendemos dirigir-nos em primeiro lugar às pessoas e não temos finslucrativos. Ecotrocas é um projecto comunitário cooperativo de solidariedade social.

Comentário de Pedro Leitão em 25 janeiro 2012 às 12:53

Olá,

deixo aqui esta notícia de um projeto semelhante:

«Uma empresa precisa de um site novo. Outra quer reparar o ar condicionado. Uma necessita de publicidade. Outra precisa de alugar ou comprar um carro. E se todas pudessem fazer isso, sem ter de gastar dinheiro? Simplesmente trocando bens e serviços umas com as outras? Em Portugal, há uma empresa responsável por gerir este comércio recíproco multilateral. »

http://economia.publico.pt/noticia/voltamos-ao-tempo-das-trocas-sem...

Comentário de Casimiro de Jesus em 18 janeiro 2012 às 22:11

Certo!

 

Membros (90)

 
 
 

Publicidade

Economia de Transição

Procuramos Empreendedores Sociais!

Somos uma Rede Social, com mais de 6.000 membros, especializada na facilitação de vida a Empreendedores de Transição para as Sustentabilidades.

Somos parceiros da Focuspriority, focada na aplicação de Mapeamento de Conhecimento à Auto­eficácia de Empreendedores, na Modelagem de Negócios Verdes e Gestão da Inovação.

Impulsionamos a Permacultura como filosofia e método de design em Portugal desde janeiro de 2009.

Fomos pioneiros na adaptação do Modelo de Transição à cultura e economia portuguesas!



Procuramos Empreendedores Sociais!

Aceita o desafio! Candidata-te! 

© 2017   Criado por João Leitão.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço