Informação

PERMA-FUNDING-ARCHIVES

Financiar ideias com o apoio de fundos disponíveis. 

Consultar outros grupos na mesma área temática:PERMACULTURA FINANCEIRA

Local: Nacional
Membros: 19
Última atividade: 5 Jan, 2016

Fórum de discussão

Este grupo ainda não possui nenhum tópico.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de PERMA-FUNDING-ARCHIVES para adicionar comentários!

Comentário de Chelonia mydas em 23 fevereiro 2011 às 15:00

PRODER - CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE MICROEMPRESAS EM ESPAÇO RURAL

 

Estão abertas candidaturas em diferentes regiões - oportunidade para membros da transição instalados em meio rural

REGIÕES COM CANDIDATURAS ABERTAS

Comentário de Luís Amaral em 27 janeiro 2011 às 15:33

Novas informações sobre a Sessão Experimental da SCV:
Para fazerem o login na sala visitem a página/tópico e usem a informação que está no topo do post.

Tentarei manter essa informação actualizada
Comentário de Luís Amaral em 27 janeiro 2011 às 12:54

 

Sala de Conferências Virtual - Sessão Experimental - Hoje 21:00, 22...

 

Para já, a Sala CV apenas comporta um máximo de 15 participantes, mas como estaremos "abertos" das 21:00 às 23:30, creio que haverá oportunidade para muita gente entrar e, quando sair, permitir que outros façam o log e também "experimentem".

Para que possam ter uma ideia do que se vai passar, vou dar algumas dicas:

1 - Não há qualquer tema em discussão, para além da própria sala e de uma "visita guiada" às suas funcionalidades e potenciais.
2 - Se a Sala lotar e o justificar, irei tentar fazer a "visita" por 3 vezes: às 21:30, 22:15 e 23:00
2 - Após a breve amostragem das virtualidades da sala e respostas às questões que surgirem, e antes da visita seguinte, dependendo da lotação, será bom que os participantes abandonem a sala, para permitir que outras pessoas tenham oportunidade de experimentar.

3 - Se os 3 ciclos de visitas lotarem e se renovarem completamente, teremos um total de 45 pessoas com alguma informação sobre esta espectacular funcionalidade.

4 - Para participar enquanto ouvinte é apenas necessário ter vontade.
5 - Para intervir eficazmente é necessário ter um microfone (embora se possa comunicar com a sala através do teclado). O ideal é ter um headset que possibilita melhor eficácia tanto na recepção como no envio de voz.

6 - Agradeço que usem as designações (nomes) que usam aqui no TPP, para que todos possamos saber com quem estamos a falar.
7 - Para entrar na sala basta clicar aqui https://www3.gotomeeting.com/...

 

Até já ;-)

 

Comentário de Luís Amaral em 25 janeiro 2011 às 1:40

Olá Ana Carolina
Olá gente boa

Pelo pouco que li, já estou a ver uma sessão na Sala de Conferências Virtual para apresentares as ideias, recolher dicas e inputs e colocarmos em movimento.

 

Como diz o João, e bem, vamos começar a trabalhar.

Esta semana, apesar dos contratempos, ou precisamente para ultrapassá-los, dou-vos retorno sobre a Sala e talvez dê para fazermos um ensaio... OK?

Estou seguro que a Sala será um "local" desmultiplicável em muitos Fóruns onde poderemos criar o hábito de ir tomar o chá diário ;-)


Mapper
Comentário de João Leitão em 24 janeiro 2011 às 22:35

Olá!!!

 

Sem mais demoras, vamos começar a trabalhar :)

Comentário de Chelonia mydas em 24 janeiro 2011 às 22:21

Olá Sofia.

Na reunião de Pombal não houve tempo para aprofundar este tema, mas o João Leitão ficou de dar orientações precisas até final do mês.

 

Aguardamos pois...

Comentário de Chelonia mydas em 24 janeiro 2011 às 15:19

Olá a todos,

 

Saiu este mês uma Portaria que regulamenta o Programa Social Investe do IEFP, com uma linha de crédito bonificada para organizações da sociedade civil.

Port.42_2011_SOCIALINVESTE.pdf


Mapper
Comentário de João Leitão em 5 janeiro 2011 às 16:13
Falamos na sexta Ana :)
Comentário de Chelonia mydas em 5 janeiro 2011 às 16:03

Olá Sofia e Vera.

Trabalhar na Internet é sempre uma solução.

A ideia deste Grupo é reunir informação que possa ser aplicada na TP.PT e servir igualmente de fundamento para a forma jurídica a adoptar pelo Movimento Nacional e Grupos Locais que permita aceder a verbas comunitárias e nacionais.

Pessoalmente acredito que mesmo nos Movimentos voluntários como a TP.PT é necessário, numa determinada fase, organizarmo-nos numa estrutura que permita aceder a apoios e que permita promover campanhas como agentes do Terceiro Sector.

2011 vai ser o ano europeu do voluntariado e da cidadania activa e nada mais adequado do que constituir uma Associação Nacional da TP.PT, com núcleos/grupos regionais, que possa activar iniciativas de financiamento necessárias à sustentabilidade da rede. Até porque - a maior parte dos apoios disponíveis exigem uma forma jurídica e contabilidade organizada!...

Nem todos os membros têm terreno ou hipótese a curto prazo para se instalarem, mas as valências profissionais disponíveis podem contribuir para a formação de grupos de trabalho com disponibilidade imediata para pôr em pé um projecto Associativo Nacional.

A Rede Internacional já existe e muitos dos seus membros já são autosuficientes. Existem várias organizações bem estruturadas, com actividades maduras.

Penso que em Portugal é necessário criar uma "base" de apoio a todas as ideias que possam ser trabalhadas e concretizadas - essa seria a TP.PT, onde os mentores de cada Iniciativa de Transição teriam assento. Esta é a minha visão, que poderia coincidir com a celebração do 2º aniversário da TP.PT...

Comentário de Vera Filipa Ripley em 3 janeiro 2011 às 22:52

Podiamos tentar começar por nos organizar aqui na internet... o que acham? Será possivel trabalharmos separados? De certeza que temos de fazer algum trabalho de leitura e pesquisa... só não sei bem por onde começar...

Talvez esperavamos por esse primeiro encontro onde a Ana pode depois nos contar novidades e dizer por onde começar?!! o que acham?

 

Membros (19)

 
 
 

Publicidade

Economia de Transição

Somos uma Rede Social, com mais de 6.000 membros, especializada na facilitação de vida a Empreendedores de Transição para as Sustentabilidades.

Impulsionamos a Permacultura como filosofia e método de design em Portugal desde janeiro de 2009.

Fomos pioneiros na adaptação do Modelo de Transição à cultura e economia portuguesas!

© 2018   Criado por João Leitão.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço