Transição e Permacultura Portugal

Cada vez mais conscientes, empreendedores, resilientes, simples e felizes!

   O homem do futuro (...) com memória do passado, vai conseguir construir o futuro, ou seja, juntar a cidade e o campo, Gonçalo Ribeiro Telles

   Querem falar connosco? facilitadorestpp(at)gmail.com  | gMinds TPP - Empresa de Transição | Rede Social: Glocal Minds

 

“A globalização, ou seja a nova etapa da mundialização capitalista, exigiu uma igualização massificadora de modos de vida, de "cultura" global e consumismos igualitários. Nas grandes superfícies comerciais e nas grandes produções mediáticas de "enterteinment" passam modelos homogeneizadores de modos de vida e pensamento único. Contudo, à homogeneização mundialista das grandes empresas cada vez mais concentradas na mão de minorias proprietárias, contrapõe-se a fragmentação do mundo cada vez mais desigual. Enquanto se concentram as riquezas em fracções cada vez mais restritas da população, aumentam os marginalizados nas sociedades economicamente dominantes. E, enquanto zonas geopolíticas ostentam mais riqueza, aumenta o fosso da pobreza e destruição noutras áreas do globo. Ora, uma das rupturas que mais se manifesta é gerada pela contradição entre este modelo produtivo do capitalismo (civilização baseada na exploração de energias fósseis e numa tecno-ciência poluitiva e destruidora de bens naturais) e a biosfera cujos recursos são limitados e cuja capacidade de reciclagem não se coaduna com a velocidade e a forma destruidora desse modelo urbano-tecnológico. Chamamos "planetarização" à consciência ecológica cada vez mais alargada das populações face ao ritmo destruidor dos ecosistemas, produzido pelo modelo civilizacional actual.
Esta planetarização constitui uma força cada vez mais presente nas aspirações das populações e será um factor de mobilização crescente contra o processo da globalização, transportando as aspirações mais significativas de mudança civilizacional. Interessa, desde já, mostrar alternativas eco-técnicas e eco-tópicas que, articuladas e inseridas nas lutas cívicas, revelam a vontade de realizar novas alternativas no território. É preciso, cada vez mais, que as lutas cívicas se traduzam em dispositivos topológicos alternativos às morfologias carcerais e alienantes do território actual. É preciso que as escolas de arquitectura e urbanismo ultrapassem o ensino de propostas de carácter formalista. São necessários projectos que não sejam apenas a expressão duma oratória morfológica ao discurso do poder.
É necessário que os técnicos e cientistas estabeleçam rupturas na tecno-ciência revelando alternativas eco-técnicas: protótipos de produção de energias alternativas, motores de energias renováveis, biotecnologias de reciclagem de lixos, etc. É cada vez mais necessário que experiências exemplares irrompam, não como "guetos" utópicos mas como experiências dinâmicas que ganhem, cada vez mais, largos sectores da população.
As eco-polis, as eco-aldeias, as cidades educadoras, são propostas já existentes que contêm ideias, realizações e estímulos para um processo-estratégia, que dê expressão a novas aspirações e que acabe com a resignação reinante da submissão à globalização neo-liberal que anda por aí à solta. “

Jacinto Rodrigues
Faculdade de Arquitectura — Universidade do Porto
Jornal "a Página" , ano 9, nº 94, Setembro 2000, p. 10.

Exibições: 166

Tags: globalização, planetarização

Comentar

Você precisa ser um membro de Transição e Permacultura Portugal para adicionar comentários!

Entrar em Transição e Permacultura Portugal

Comentário de mario em 16 março 2010 às 14:22
bom artigo. é imperativo um novo modelo académico. mais holístico e menos especializado. todas as ciências irão um dia perceber isso. obrigado Vera.

Permacultura Global:

Iniciativas Registadas TN:

Portugal

Paredes

Pombal

Portalegre

Sintra

Telheiras

Universidade do Minho

Gaia

Aldeia das Amoreiras

Rio Tinto

Linda-a-Velha

Coimbra

FCUL - Univ. Lisboa

Cascais

Braga

Évora

Caldas da Rainha

Madeira

Planície alentejana

São Brás em Transição

Covilhã

Internacional

Brasil

Global Transition

REconomy Project

Transition Culture

Transition Network

Badge

Carregando...

© 2014   Criado por João Leitão.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço